Arquivo da categoria: Divulgação

Prêmio Argos de Literatura Fantástica

Prêmio Argos A premiação acontecerá no Domingo, dia 23 de setembro, 13h, durante o VI Fantasticon – Simpósio de Literatura Fantástica, em São Paulo. Categoria “melhor romance”:

Categoria “melhor conto”:

E prêmio Argos Especial pelo conjunto da obra:

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Divulgação, Fantasia, Ficção científica

Clube dos Leitores de Ficção revitaliza prêmio Argos de Literatura Fantástica

Por assessoria CLFC:

Comemorando os 27 anos de fundação, o Clube dos Leitores de Ficção Científica do BrasilCLFC, revitalizou o prêmio Argos de Literatura Fantástica, um dos mais importantes do cenário nacional.

O prêmio é dividido em duas categorias: romance e conto. Qualquer história de ficção científica, fantasia ou terror publicada originalmente em língua portuguesa, em meio impresso ou digital, durante o ano de 2011 está apta a receber votos. A premiação acontecerá no dia 23 de setembro, durante o VI Fantasticon – Simpósio de Literatura Fantástica, em São Paulo. O objetivo é incentivar e prestigiar a leitura de obras do gênero de autores nacionais.

As votações foram abertas no dia 12 de junho e terminam no dia 8 de julho. Apenas sócios do CLFC podem votar, mas o ingresso no Clube é gratuito. De acordo com o presidente da entidade, o jornalista e escritor Clinton Davisson, embora não se cobre taxas aos sócios, o controle de admissão é cuidadoso. “O sócio precisa dar nome, endereço e telefone. Além disso, precisa se comprometer a ajudar nas ações do Clube. As votações também são fiscalizadas por uma comissão especial para evitar lobby. Campanhas internas entre os sócios também não são permitidas”, informa o presidente.

O prêmio surgiu no início da década passada e durou quatro edições em 2000, 2001, 2002 e 2003. O nome do prêmio foi uma homenagem à Coleção Argonauta, uma série de livros de bolso de ficção científica, publicada pela Editora Livros do Brasil, pioneira na divulgação do gênero em língua portuguesa.

De acordo com o escritor Gerson Lodi-Ribeiro, um dos criadores do prêmio e agora consultor da nova edição do Argos, o nome foi um consenso porque o próprio Clube nasceu de uma convocação impressa no livro do Roberto Cezar Nascimento, Quem é Quem na Ficção Científica – Volume 1: A Coleção Argonauta. “A Coleção Argonauta sempre foi importante para a maioria dos sócios da velha-guarda. Daí, quando se pensou em criar um prêmio do CLFC, ‘Argos’ foi o nome de consenso”, lembra.

Os interessados em se associar ao CLFC podem encontrar instruções no site www.clfc.com.br onde também consta o regulamento da premiação.

2 Comentários

Arquivado em Divulgação, Fantasia, Ficção científica

Juvenatrix 136

Juvenatrix, de Renato Rosatti, é um fanzine voltado para o universo fantástico, ou seja, o Horror e a Ficção Científica em todas as suas manifestações artísticas como o cinema, literatura, quadrinhos, ilustrações, através de contos, artigos, resenhas ou textos diversos.

Nesta edição:

  • Banda de Heavy Metal Decapitated
  • Biografia do artista Erik Muller Thurm
  • Homenagem a Ray Bradbury

E também contos de:

  • Rynaldo Papoy
  • Ronald Rahal
  • Miguel Carqueija

E, ainda, resenhas dos filmes:

  • Corrida Silenciosa
  • Terra Tranquila

E muito, muito mais!

Para adquirir seu exemplar digital, solicite diretamente a Renato Rosatti, pelo e-mail: renatorosatti@yahoo.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Divulgação, Escritor, Fantasia, Ficção científica, Terror

O retorno de Megalon!

Megalon, inimigo de Godzilla. Arte de TheFavs.

Não, não! Não é esse Megalon que estou falando!

Trata-se na verdade de uma publicação amadora de ficção científica, horror e fantasia que circulou entre 1988 e 2004. O premiado Megalon foi um dos fanzines mais antigos e importantes no Brasil e agora, graças à iniciativa de Marcello Branco, um de seus idealizadores, volta em edição digital desde o número um!

Arte da capa de Roberto de Sousa Causo.

Como o próprio Marcello diz: “Digitalizar o “Megalon” (e os outros fanzines) é uma forma eficaz de preservar a memória do fanzine e, por extensão, de parte importante da ficção científica brasileira dos anos 1980 e 1990.”

Para adquirir seu exemplar, solicite através do próprio e-mail de Marcello: marcellobranco@ig.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em Divulgação, Escritor, Fantasia, Ficção científica, Terror

Click Play – Itaú Cultural

Todo sábado, ministramos as oficinas Click Play no Itaú Cultural. Os alunos fazem uma releitura da obra de Leonilson através de animações stop motion. Vejam os trabalhos já produzidos no canal do Itaú Cultural no YouTube, clicando AQUI:

Leonilson é um artista representativo dos anos 1980. A exposição Sob o Peso dos Meus Amores apresenta mais de 300 obras de sua autoria.

Deixe um comentário

Arquivado em Arte, Divulgação, Projetos, Vídeos

Lançamento duplo

Deixe um comentário

Arquivado em Divulgação

Assembleia Estelar

Release enviado por Marcello Branco:

Assembleia Estelar: Histórias de Ficção Científica Política, Marcello Simão Branco, organização e introdução. Capa de Vagner Vargas. São Paulo: Devir Livraria, selo Pulsar, dezembro de 2010, 408 páginas. ISBN: 978-85-7532-453-0. Preço: R$ 39,90.

Com histórias de Bruce Sterling (Estados Unidos), Ursula K. Le Guin (EUA), Fernando Bonassi, Orson Scott Card (EUA), André Carneiro, Henrique Flory, Flávio Medeiros Jr., Ataíde Tartari, Daniel Fresnot, Carlos Orsi, Roberto de Sousa Causo, Miguel Carqueija, Luís Filipe Silva (Portugal) e Roberval Barcellos.

Se é verdade que a ficção científica está mais associada aos temas da exploração do espaço, seres extraterrestres, viagens no tempo ou realidade virtual, ela também possui uma ampla relação com a política. A começar pela presença em narrativas utópicas que idealizaram civilizações mais virtuosas, posteriormente na presença de assuntos políticos nos enredos das histórias contemporâneas de FC, especialmente aquelas que exploram novas utopias, distopias ou sociedades alternativas, mas também especulações sobre a realidade social e política, tratando das instituições da democracia, da globalização e dos conflitos internacionais.

Assembleia Estelar
é uma antologia inédita neste tema no Brasil, e desenvolve essa relação de afinidade sublinhando que a extrapolação sobre as formas de organização política, além de estar na gênese do gênero, tem muito a ser explorada. Esta é a principal intenção através de quatorze contos, com a presença de autores como os norte-americanos Bruce Sterling, Orson Scott Card e Ursula K. Le Guin, esta com seu conto “O Dia Antes da Revolução”, vencedor do Prêmio Nebula 1974. Além deles, Luís Filipe Silva, Daniel Fresnot, André Carneiro, Fernando Bonassi, Carlos Orsi, Ataíde Tartari, Miguel Carqueija, Henrique Flory, Flávio Medeiros Jr., Roberto de Sousa Causo e Roberval Barcellos contribuem com interpretações ficcionais de cenários históricos, sociedades ideais ou de pesadelo, investigações sobre configurações e efeitos das instituições políticas, além de possíveis guerras no futuro.

Sobre Assembleia Estelar:

“A ficção científica é o mais político dos gêneros literários: seus temas privilegiados são a opressão e a resistência, a guerra, as diferentes modalidades do exercício do poder ou a relação entre o ser humano e o meio ambiente. Os contos deste volume falam de eleições e parlamentos, de estadistas e de ditadores, de guerrilheiros e senadores. Mas falam, principalmente, de mundos alternativos, de realidades possíveis que não se realizaram. Partilham a convicção de que, longe de ser destino, a sociedade humana é fruto das escolhas que seus habitantes fazem.” — Luis Felipe Miguel, Professor de Ciência Política da Universidade de Brasília.

“Marcello Simão Branco organizou uma antologia com histórias variadas e interessantes, ressaltando mais a política brasileira em vez da estrangeira, já que constam três autores norte-americanos (Le Guin, Card e Sterling), entre eles, os mais conscientes de diferenças culturais e conhecedores da cultura brasileira ou latinoamericana. O restante dos autores estão mais sensibilizados sobre a condição do gênero no Brasil. Com os temas da redemocratização no Brasil, mundos distópicos, histórias alternativas, caos urbano, o consumismo, a tecnologia, Assembleia Estelar tem tudo para repercutir e provocar variados debates tanto para o leitor experiente, como para o iniciante do gênero.” — M. Elizabeth Ginway, autora de Visão Alienígena: Ensaios Sobre Ficção Científica Brasileira e Professora Associada na Universidade da Flórida, em Gainesville.

Devir Livraria: “Líder em ficção científica, fantasia e horror”
Rua Teodureto Souto, 624 – Cambuci – São Paulo-SP, CEP 01539-000
Fone: (0__11) 2127- 8787 – horário comercial
Mais informações: marialuzia.devir@gmail.com
Visite o nosso site: www.devir.com.br

4 Comentários

Arquivado em Divulgação